Vocês Sabiam que Existem duas Colheitas? Texto

Graça e Paz meus amados!

Esta mensagem de hoje surgiu do coração do Senhor, através de um sonho que eu tive com o meu Senhor Jesus, onde Ele estava nas nuvens, lá no alto, e uma voz bradava:

A Colheita já começou!”

Acordei com esse brado e fiquei tentando entender o significado do que eu acabara de ver.

Sei que a visão do Senhor se referia a colheita dos fins dos tempos conforme diz a palavra:

30 “Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as nações da terra se lamentarão e verão o Filho do homem vindo nas nuvens do céu com poder e grande glória. 31 E ele enviará os seus anjos com grande som de trombeta, e estes reunirão os seus eleitos dos quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus. Mateus 24:30-31

14 Olhei, e diante de mim estava uma nuvem branca e, assentado sobre a nuvem, alguém “semelhante a um filho de homem”(Dn 7.13). Ele estava com uma coroa de ouro na cabeça e uma foice afiada na mão. 15 Então saiu do santuário um outro anjo, que bradou em alta voz àquele que estava assentado sobre a nuvem: “Tome a sua foice e faça a colheita, pois a safra da terra está madura; chegou a hora de colhê-la”. 16 Assim, aquele que estava assentado sobre a nuvem passou sua foice pela terra, e a terra foi ceifada. Apocalipse 14:14-16

Porém o Espírito Santo me levou em seguida para uma passagem em Mateus que Jesus fala de uma outra colheita:

35 Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças. 36 Ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas, como ovelhas sem pastor.37 Então disse aos seus discípulos: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos.38 Peçam, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para a sua colheita”. Mateus 9:35-38

Me lembrou em seguida várias parábolas em que Jesus fala da colheita e eu comecei a perceber que algumas falam da colheita dos últimos dias, mas outras falam de uma colheita que deve ser feita por nós.

E qual será essa colheita?

Colher do mundo para enxertarmos na videira verdadeira Jesus Cristo”

1 “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. 2 Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda (O termo grego traduzido como poda também significa limpa.), para que dê mais fruto ainda. 3 Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado. 4 Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim. João 15:1-4

Ele continuou me dizendo que precisava de mais e mais trabalhadores para essa primeira colheita para que a segunda seja proveitosa.

Cada um é importante nessa primeira colheita:

O pastor, o ministro, o que evangeliza nos hospitais, o que entrega os panfletos nas casas e praças, cada um de vocês é importante nessa colheita para os últimos dias.

Esses que estão colhendo do mundo e enxertando em Jesus Cristo, a videira verdadeira.

Quando o Senhor me disse estas coisas meus irmãos não restou mais dúvidas para mim que existem duas colheitas:

  1. A colheita do mundo para enxertarmos em Jesus Cristo, a videira verdadeira e único caminho de Salvação e Redenção, que é feita por nós que somos seus discípulos;

  2. Acolheita dos últimos dias, ao soar da última trombeta, feita pelo nosso Senhor Jesus Cristo e seus anjos, onde os que morreram em Cristo serão ressuscitados e terão seus corpos glorificados e os da Igreja que serão arrebatados e glorificados ainda em vida.

51 Eis que eu lhes digo um mistério: Nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, 52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta. Pois a trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis e nós seremos transformados. 53 Pois é necessário que aquilo que é corruptível se revista de incorruptibilidade, e aquilo que é mortal, se revista de imortalidade. 54 Quando, porém, o que é corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal, de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: “A morte foi destruída pela vitória”(Is 25.8) 55 “Onde está, ó morte, a sua vitória? Onde está, ó morte, o seu aguilhão?” (Os 13.14) 1 Coríntios 15:51-55

Eu gostaria de repetir agora o versículo 36 de Mateus 9:

36 Ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas, como ovelhas sem pastor.

Vendo esse versículo eu gostaria de falar com você que já foi pastor um dia, que já pregou essa palavra de salvação ou você que tem no seu coração o desejo de pastorear ovelhas para o Senhor, veja que Ele nesse versículo fica compadecido com as ovelhas que estão sem pastor, e hoje meus irmãos muitas ovelhas continuam sem pastor, mas eu falo aqui de pastores verdadeiros e não lobos devoradores disfarçados de pastores.

Pastores verdadeiros que amem verdadeiramente as ovelhas e as conduza para o Senhor Jesus Cristo.

Ele está precisando de você porque sem você Ele não pode alcançá-las.

Veja a compaixão do Senhor porque elas estavam aflitas e desamparadas, pois o mundo meus irmãos aflige as ovelhas e as deixam sem proteção.

Nenhum homem tem paz no mundo enquanto não encontra ao Senhor, ele pode ter momentos de felicidade, de alegria, mas a paz verdadeira ele não tem enquanto não encontra o nosso Senhor Jesus Cristo.

Essas ovelhas aflitas e desamparadas estão esperando por vocês meus irmãos, o Senhor está esperando que você vá até elas e cuide delas para Ele, tire essa aflição delas, apresente o nosso Senhor Jesus Cristo.

No versículo 38 diz:

38 Peçam, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para a sua colheita”

Obedecendo ao meu Senhor, como discípulo dEle, eu vou orar junto com vocês para que Deus Pai mande trabalhadores para essa primeira colheita:

Ó Pai! Deus Eterno e Todo Poderoso! Pai do meu Senhor Jesus Cristo, eu peço em nome do meu Senhor Jesus, que envie trabalhadores para colheita. Eu peço em nome do meu Senhor Jesus Cristo, Deus Eterno e Todo Poderoso, que os que estão me ouvindo agora (lendo), sejam tocados no coração, através do Espírito Santo de Deus que transforma, que toca. Que o Espírito Santo toque os que tem chamado, que queime o chamado dentro deles, para que eles comecem a colheita. Eu peço Senhor que esses corações sejam tocados, que esses espíritos sejam tocados Senhor e queime de vontade, de alegria de sair para o mundo em busca das ovelhas perdidas para traze-las de volta para o Pai, enxertando na Videira Verdadeira, Jesus Cristo, o único caminho da Salvação. Eu te agradeço Pai, pois eu sei que sempre me ouve, e hoje eu peço isso tudo em nome do meu Senhor Jesus Cristo, e sei que estou sendo ouvido, por isso eu já te agradeço. Amém!”

Dando sequencia meus irmãos eu queria mostrar a parábola dos trabalhadores na vinha, que enquanto eu lia o Senhor me mostrou algo muito importante para vocês que já estão no seu ministério e para aqueles que já estão acima dos 50, 60 e acham que não dá mais para começar a obra, achando que já e tarde para vocês.

Essa parábola vai mostrar para vocês que o salário, o pagamento do Senhor é o mesmo, para os que começaram quando tinham dezoito anos e para os que estão começando agora com 50, 60, 70, 80, 90 ou 100 anos.

Qualquer tempo é tempo de começar a colheita pois o Senhor está voltando e já é chegada as 5 da tarde comparado com a parábola abaixo.

Nós temos menos de duas décadas para a volta do Senhor, eu não sei quando isso vai acontecer, só tenho uma certeza do que Deus já pôs no meu coração, o de que não se passaram mais 20 anos antes da segunda vinda do Senhor.

Coisas acontecerão nos próximos 15 anos que transformarão a humanidade e daí para a frente eu não sei, que o que Ele me revelou foi até ai, pois o dia e a hora nem os anjos do céu sabem.

O que eu quero deixar claro aqui é que devemos estar preparados para essa segunda vinda que está relativamente próxima, pois o Senhor diz também que devemos estar atentos para os sinais e os sinais já estão claros.

A profecia de Daniel 12 está se cumprindo e em breve eu mostrarei aqui para vocês algo que o Senhor me revelou nessa profecia.

1 “Pois o Reino dos céus é como um proprietário que saiu de manhã cedo para contratar trabalhadores para a sua vinha….

Você vai ser trabalhador do Reino, venha trabalhar para o reino e receba a verdadeira recompensa, que realmente tem valor, na vida eterna.

…2 Ele combinou pagar-lhes um denário(O denário era uma moeda de prata equivalente à diária de um trabalhador braçal; também nos versículos 9, 10 e 13.) pelo dia e mandou-os para a sua vinha. 3 “Por volta das noves hora da manhã (Grego: da hora terceira.), ele saiu e viu outros que estavam desocupados na praça, 4 e lhes disse: ‘Vão também trabalhar na vinha, e eu lhes pagarei o que for justo’. 5 E eles foram. “Saindo outra vez, por volta do meio-dia e das três horas da tarde (Grego: da hora sexta e da hora nona.) , fez a mesma coisa. 6 Saindo por volta das cinco horas da tarde (Grego: da décima primeira hora; também no versículo 9.) , encontrou ainda outros que estavam desocupados e lhes perguntou: ‘Por que vocês estiveram aqui desocupados o dia todo?’…

Aproveitando a palavra do Senhor aqui meus irmãos eu quero dizer que Ele continua contratando. Esse chamado é para você hoje, nós já estamos nas portas da segunda vinda de Jesus, no fim do dia e Ele continua te chamando para a colheita! Que o fogo que está no seu coração queime agora!

Eu pergunto a vocês como Ele perguntou acima:

Porque você passou cinquenta anos de sua vida sem trabalhar na colheita? A hora é essa! vêm colher vidas para o Senhor!

7 ‘Porque ninguém nos contratou’, responderam eles. “Ele lhes disse: ‘Vão vocês também trabalhar na vinha’. 8 “Ao cair da tarde, o dono da vinha disse a seu administrador: ‘Chame os trabalhadores e pague-lhes o salário, começando com os últimos contratados e terminando nos primeiros’. 9 “Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e cada um recebeu um denário. 10 Quando vieram os que tinham sido contratados primeiro, esperavam receber mais. Mas cada um deles também recebeu um denário. 11 Quando o receberam, começaram a se queixar do proprietário da vinha, 12 dizendo-lhe: ‘Estes homens contratados por último trabalharam apenas uma hora, e o senhor os igualou a nós, que suportamos o peso do trabalho e o calor do dia’. 13 “Mas ele respondeu a um deles: ‘Amigo, não estou sendo injusto com você. Você não concordou em trabalhar por um denário? 14 Receba o que é seu e vá. Eu quero dar ao que foi contratado por último o mesmo que lhe dei. 15 Não tenho o direito de fazer o que quero com o meu dinheiro? Ou você está com inveja porque sou generoso?’ 16 “Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos” (Alguns manuscritos acrescentam Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.) Mateus 20:1-16.

Esse recado aqui no final é para você que já está na obra a mais tempo, o que foi que o Senhor lhe prometeu? Foi uma igreja com 100 membros? Foi um ministério com 1.000.000 de membros?

Fica tranquilo que Ele vai cumprir a sua promessa e não se incomode se o teu irmão, cooperador do Reino, que começou ontem tem um ministério internacional, pois as promessas do Senhor para você não são iguais as promessas para os seus irmãos.

Deixa Deus cumprir as promessas na vida de cada um e nós não temos nada a ver com isso, temos apenas que nos alegrar e nos regojizar com o sucesso que está sendo a colheita, pois ela não é nossa é do Reino.

Vamos ver agora outra passagem em Lucas que testifica com a primeira que vimos:

1 Depois disso o Senhor designou outros setenta e dois (Alguns manuscritos dizem 70; também no versículo 17.) e os enviou dois a dois, adiante dele, a todas as cidades e lugares para onde ele estava prestes a ir. 2 E lhes disse: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Portanto, peçam ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita. Lucas 10:1-2.

Vejam agora a parábola do semeador, que já é bastante conhecida, porém a palavra é viva e é sempre bom estarmos lendo a mesma coisa várias vezes e eu sei que vocês serão campo fértil para recebê-la de novo.

Eu queria dizer algo muito importante para vocês que estão ganhando filhos para Deus, que ponham sempre o Espírito Santo entre vocês e os que estão tentando ganhar, pois só o Espírito Santo conhece e sonda os corações e só Ele pode dizer o que pode ser semeado em cada coração.

Pois se a palavra que você vai dar cair em um campo que não esteja pronto, com certeza ela vai se perder e você pode ter perdido mais um filho para Deus.

1 Naquele mesmo dia Jesus saiu de casa e assentou-se à beira-mar. 2 Reuniu-se ao seu redor uma multidão tão grande que, por isso, ele entrou num barco e assentou-se. Ao povo reunido na praia 3 Jesus falou muitas coisas por parábolas, dizendo: “O semeador saiu a semear. 4 Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram. 5 Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; e logo brotou, porque a terra não era profunda. 6 Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz. 7 Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas. 8 Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um. 9 Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça!” Mateus 13:1-9

18 “Portanto, ouçam o que significa a parábola do semeador: 19 Quando alguém ouve a mensagem do Reino e não a entende, o Maligno vem e lhe arranca o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho….

Por isso que eu falei acima que nós precisamos pedir direção ao Senhor do que falar em cada caso e em cada situação, porque muitas vezes as pessoas não estão prontas para ouvir o que vocês estão dizendo e aquela palavra é roubada em seguida por satanás.

20 Quanto ao que foi semeado em terreno pedregoso, este é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria. 21 Todavia, visto que não tem raiz em si mesmo, permanece pouco tempo. Quando surge alguma tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo a abandona…

Algumas tribulações aconteceram nos últimos dias na minha vida, mas eu permaneci firma na minha fé, nas promessas que o meu Deus tem para mim e eu não vivo pela situação que se apresenta, eu vivo pelas promessa do Senhor para a minha vida.

Ele está falando aqui exatamente isso, que se você não estiver firme na sua Fé, o que foi semeado vai embora, você sem fé é esse terreno pedregoso, que não tem raízes em si mesmo.

Quando as situações se levantarem você tem ficar com o seu Deus e com as promessas que Ele te fez.

É importante que nesses momentos nós estejamos atentos a voz do Senhor e por esses dias eu ouvi um refrão de uma música que dizia:

Entrega tudo pra mim, Quero muito resolver!”

Então eu vi que estava retendo algumas coisas, querendo resolver com a força do meu braço e Ele me chamou a atenção cantando a Sua palavra nos meus ouvidos.

Eu imediatamente entreguei na mão dEle, dizendo: É Teu meu Deus!

Mas isso só foi possível porque eu estava firme na fé, porque eu não estava desesperado como Pedro, me afogando afundando nas águas de um mar bravio, mas estava distraído com a força das ondas ao ponto de querer resolver as coisas com minhas próprias forças.

Para vocês entenderem que o nosso Deus nunca nos deixa sem respostas, e para isso usa todas as formas e meios para falar conosco,no sábado, 07/07/12, minha esposa me ligou pedindo que eu fosse até o mercado comprar uma erva para fazer um chá.

Muito contrariado eu perguntei se ela já havia orado, pois é assim que eu lido com as enfermidades na minha vida na minha casa e desde o dia 28/02/2011 eu não tenho nem sequer uma dor de cabeça.

Ela disse que já e mesmo contrariado eu fui até o mercado.

Passei pela praça do mercado e havia um carro com o som ligado e eu nem dei muito valor, talvez pela vontade que eu estava de ir até lá.

Cheguei no mercado e senti uma unção tremenda e a presença de Deus como poucas vezes havia sentido. Entendi então que eu deveria estar naquele lugar, pois a unção sempre respalda o que estou fazendo para o Senhor.

Comprei o que a minha esposa havia pedido, que para vocês entenderem era para o meu filho de 2 meses que havia acordado com um dos olhos totalmente coberto de secreção esverdeada, ao ponto das pálpebras estarem coladas uma na outra.

Isso havia se repetido a cada vez que ele dormia e acordava ao ponto de ele estar com dificuldades de abrir o olho.

Saí do mercado e passei novamente pela praça sem dar nenhum valor para aquele carro que estava com o som ligado e fui em direção ao terminal de ônibus para ir para casa.

Mais ou menos na metade do caminho entre a praça e o terminal ouvi a voz do Senhor, quase que audível que me dizia:

Para onde você está indo? Volte que eu ainda não terminei!”

Imediatamente dei meia volta e fui em direção a praça, ao me aproximar comecei a escutar uma música que estava tocando no carro, onde havia um cantor gospel vendendo cd’s e dvd’s e a música que tocava era exatamente uma música que a meses atrás um irmão em Cristo havia posto para mim e dito que o Senhor havia mandado eu ouvir aquela música e estava tocando justamente a parte abaixo:

Quem te viu passar na prova e não te ajudou, quando ver você na benção vai se arrepender, vai estar entre a plateia e você no palco, vai olhar e ver Jesus brilhando em você”

Eu comecei a chorar meus irmãos, pois o Senhor havia me levado até aquela praça para eu ter certeza do que Ele queria dizer para mim naquele momento de turbulência na minha vida.

Continuei até o mercado e na volta a música que ouvi era a confirmação daquele refrão que falei mais acima, que dizia:

Tenho um advogado fiel e já entreguei tudo na Sua mão”

E não parou por ai meus irmãos, em seguida o Senhor me lembrou que no ano passado, quando o ministério que Ele havia me proposto estava parecendo que ia naufragar, Ele me disse:

Ao quarto dia ele ressuscitou!”

Uma clara referência a ressurreição de lázaro e em seguida me lembrou de um sonho que eu havia tido a alguns meses onde eu passava em um lugar que havia um túnel subterrâneo para travessia de pedestres.

Só para vocês entenderem melhor, eu havia sido expulso de um determinado lugar por falar o que meu Senhor havia mandado e as pessoas daquele lugar praticamente pararam de se relacionar conosco.

No dia 06/12/2012, na formatura da minha filha no jardim de infância, o Senhor nos orientou a convidar aquelas pessoas, tenho certeza que era para testar os corações, e ninguém foi para a festa.

Na madrugada a minha esposa estava chorando por isso, e eu disse a ela que não ficasse assim, pois aquelas pessoas não haviam ido pelo julgamento que fizeram de nós e quem estava lá era justamente quem deveria estar e quem não foi não foi por falta de convite nem por direção do Senhor.

Na mesma madrugada eu acordei com a voz audível do Senhor que me dizia:

“Eu sou a luz e depois das trevas vem o amanhecer! Diga isso para sua esposa”

O Senhor fazia uma clara referência as passagens bíblicas que falam que Ele é a Luz do Mundo.

Eu obedeci e falei aquilo chorando para minha esposa para que ela tranqüilizasse mais o seu coração.

Continuando, Ele me disse que eu deveria ir até aquele lugar que havia me mostrado meses atrás e passar por aquele túnel subterrâneo e que da mesma forma que eu estava entrando na terra e saindo do outro lado ao atravessar aquele túnel, neste dia Ele estava ressuscitando o meu ministério e a luz começaria a brilhar.

Obediente como sempre fui, fiz exatamente como Ele me mandou e mais tarde após gravar essa mensagem, fui gravar a segunda onde falava sobre blasfemar contra o Espírito Santo como pecado que leva a morte, o Senhor confirmou com o Seu poder que foi derramado sobre mim que Ele havia me enviado para aquelas pessoas que eu falava na ministração.

Falo estas coisas para que vocês entendam o quanto é importante a firmeza da fé de vocês e para que vocês entendam a passagem que diz que:

O Justo viverá pela fé ou de fé em fé”

Vejam que a cada passo de fé que eu dava o Senhor ia junto comigo para o próximo, e isso confirma também o que eu venho dizendo que não basta ter fé, mas é necessário ter uma atitude de fé, confirmando o que está em Thiago:

A Fé sem obras é morta”

Sem um fé enraizada no seu coração as perseguições por causa da palavra te farão perder o que você já recebeu.

Quando cheguei em casa com aquela erva, que havia me deixado tão contrariado, eu disse a minha esposa:

Eu trouxe o que você pediu, mas a gente não vai precisar porque tive direção do Senhor para orar pelo meu filho”

Impus as mãos nos olhos do garoto, comecei a orar por ele e o Senhor me mandou dar mais um passo de fé, que para minha sorte fiz tão rápido que minha esposa nem viu.

Ele me mandou tocar na ponta da minha língua, e passar o dedo úmido no olho que estava doente e repreender a enfermidade em nome de Jesus.

Meus irmãos não quero dizer aqui que agora tem que passar saliva nos olhos de ninguém para curar, não me entendam mal, vejam que o meu ato de fazer isso foi simplesmente para confirmar a minha fé no que o Senhor estava dizendo e o que curou meu filho foi o Nome de Jesus.

Digo curou pois a partir desse momento o olhinho do meu filho não apresentou nenhum problema e não foi necessário usar aquela erva que tanto me contrariou.

Continuando a parábola, vemos o seguinte:

22 Quanto ao que foi semeado entre os espinhos, este é aquele que ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera.

Quantas vezes as coisas do mundo não nos sufocaram ao ponto de diminuir a nossa comunhão com o Senhor.

Eu já ministrei sobre isso, onde eu falo sobre quem ou o que poderá nos separar do amor de Cristo, e eu deixo claro que só nos mesmos é que podemos fazer isso.

23 E, finalmente, o que foi semeado em boa terra: este é aquele que ouve a palavra e a entende, e dá uma colheita de cem, sessenta e trinta por um”. Mateus 13:18-23

Esse somos nós com a Graça do Senhor!

Vamos ver agora meus irmãos uma parábola que fala na primeira colheita e nos mostra que o juízo começará pelas igrejas, a parábola do Joio:

24 Jesus lhes contou outra parábola, dizendo: “O Reino dos céus é como um homem que semeou boa semente em seu campo. 25 Mas enquanto todos dormiam, veio o seu inimigo e semeou o joio (Grego: cizânia, erva daninha parecida com o trigo; também no restante do capítulo.) no meio do trigo e se foi.

Isso acontece hoje nas igrejas meus irmãos. Satanás infiltra pessoas nas igrejas que como a cizânia parecem Cristãos mas não são, são joio, e essas pessoas destroem a igreja por dentro, esse é o verdadeiro espírito do anticristo que já está dentro das igrejas desde a época dos primeiros apóstolos, como eles mesmos falam.

Essa parábola é para as igrejas, Ele está dizendo parecem Cristãos e não são.

São o joio lançadas por satanás para desviar a atenção do verdadeiro Espírito, fazendo as pessoas olharem para elas mesmas.

26 Quando o trigo brotou e formou espigas, o joio também apareceu. 27 “Os servos do dono do campo dirigiram-se a ele e disseram: ‘O senhor não semeou boa semente em seu campo? Então, de onde veio o joio?’ 28 “ ‘Um inimigo fez isso’, respondeu ele. “Os servos lhe perguntaram: ‘O senhor quer que o tiremos?’ 29 “Ele respondeu: ‘Não, porque, ao tirar o joio, vocês poderão arrancar com ele o trigo….

Essa parábola responde a pergunta de muitos sobre a longanimidade de Deus com a Igreja, diante de tantos absurdos que vemos, de tantos escândalos, é que o Senhor que polpar o trigo que está junto do Joio, mas tenha certeza que na hora certa o Joio vai ser tirado do meio da igreja e ela vai crescer e ficar pura para a volta do Noivo.

30 Deixem que cresçam juntos até a colheita. Então direi aos encarregados da colheita: Juntem primeiro o joio e amarrem-no em feixes para ser queimado;…

Veja aqui que a colheita começa pelo Joio, ou seja, primeiro vem a purificação da Igreja, depois é que vem a colheita do trigo, no vídeo que postei no domingo 08/07/12, o Espírito do senhor confirma o que está nessa parábola ao profetizar a purificação da noiva começando pelos cabeças.

… depois juntem o trigo e guardem-no no meu celeiro’ ”. Mateus 13:24-30

Esses que serão retirados antes da colheita, estão ali para confundir as pessoas, para inserir idolatria a homens, a adoração a criatura ao invés do criador, e eu falo aqui também de algumas igrejas evangélicas viu meus irmãos.

Porque em alguns lugares se idolatra a quem já morreu e dorme, conforme diz na bíblia de capa a capa que ao morrer nós dormimos e não estamos andando de um lado para o outro ou intercedendo nos céus.

Em muitas igrejas evangélicas se idolatram homens, sobre pretexto da autoridade do pastor e eu não sei o que é mais grave, se misturar no mesmo saco vai ficar tudo com a mesma cara.

Pois pela idolatria o povo de Israel sempre pagou um preço muito alto e já no novo testamento, em Atos12:21-23, vimos uma passagem que muitos põe debaixo do tapete, por estarmos na Nova Aliança, pois Deus mostra que Ele não mudou, mostrando sua ira, como venho afirmando aqui que continua sem tolerar a idolatria:

21 No dia marcado, Herodes, vestindo seus trajes reais, sentou-se em seu trono e fez um discurso ao povo. 22 Eles começaram a gritar: “É voz de deus, e não de homem”. 23 Visto que Herodes não glorificou a Deus, imediatamente um anjo do Senhor o feriu; e ele morreu comido por vermes. Atos12:21-23

Vamos ver agora meus irmãos uma parábola que fala nas duas colheitas, a parábola da rede:

47 “O Reino dos céus é ainda como uma rede que é lançada ao mar e apanha toda sorte de peixes.

Nós fazemos essa primeira colheita para o Senhor, jogando as redes e colhendo toda sorte de filhos para Deus, para que seja enxertada na videira verdadeira.

48 Quando está cheia, os pescadores a puxam para a praia. Então se assentam e juntam os peixes bons em cestos, mas jogam fora os ruins.

Aqui confirma o que eu já ministrei sobre que uma vez salvo não quer dizer que está salvo para sempre, baseado em João 15.

Vejam que todos são pescados para o Senhor mas nem todos serão aproveitados, ou salvos.

49 Assim acontecerá no fim desta era. Os anjos virão, separarão os perversos dos justos 50 e lançarão aqueles na fornalha ardente, onde haverá choro e ranger de dentes”. Mateus 13:44-46

Aqui em João 4:31-38, fica claro que existem uma colheita do mundo para enxertarmos no Senhor, ou seja uma primeira colheita:

31 Enquanto isso, os discípulos insistiam com ele: “Mestre, come alguma coisa”. 32 Mas ele lhes disse: “Tenho algo para comer que vocês não conhecem”. 33 Então os seus discípulos disseram uns aos outros: “Será que alguém lhe trouxe comida?” 34 Disse Jesus: “A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra. 35 Vocês não dizem: ‘Daqui a quatro meses haverá a colheita’? Eu lhes digo: Abram os olhos e vejam os campos! Eles estão maduros para a colheita….

Claramente Ele dá uma ordem aos discípulos para que comecem a colheita.

36 Aquele que colhe já recebe o seu salário e colhe fruto para a vida eterna, de forma que se alegram juntos o que semeia e o que colhe….

Aqui Ele deixa claro que haverá uma recompensa e adverte para que todos se alegrem, pois um semearão e outros colherão.

37 Assim é verdadeiro o ditado: ‘Um semeia, e outro colhe’. 38 Eu os enviei para colherem o que vocês não cultivaram. Outros realizaram o trabalho árduo, e vocês vieram a usufruir do trabalho deles”. João 4:31-38

Terminando aqui numa clara referência aos profetas que vieram antes deles.

Abram os olhos os campos estão prontos para colheita, vamos colher os perdidos que estão no mundo e vamos enxertá-lo na Videira Verdadeira, Jesus Cristo!

Vamos nos unir em uma igreja santa e vamos começar essa grande colheita para o Senhor para que a segunda colheita seja proveitosa, na sua segunda vinda!

É chegada a hora da volta do nosso Senhor, temos pouco tempo, em breve eu ministrarei sobre o que o Senhor me revelou sobre a profecia de Daniel 12 e vocês entenderão porque eu falo tanto que Ele está voltando.

Que a graça e a paz do nosso Senhor Jesus Cristo estejam com vocês!