Sobre Amar a Deus…

Jesus Homem

Gostaria de começar fazendo uma pergunta:

VOCÊS TÊM CUMPRIDO O PRIMEIRO E PRINCIPAL MANDAMENTO?

“Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? ” Respondeu Jesus: ” ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. Mateus 22:36-38

Vou fazer agora uma segunda pergunta:

VOCÊS SABEM O QUE É AMAR A DEUS?

Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a ele”. João 14:21

Fazendo uma última pergunta:

VOCÊS LEMBRAM O QUE JESUS FALA SOBRE OS MANDAMENTOS?

“Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? ” Respondeu Jesus: ” ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas”. Mateus 22:36-40

“Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”. João 13:34,35

Muitos não entendem porque o milagre não acontece nas suas vidas, porém esquecem que o nosso Deus é justo e zela pela sua Palavra e que cada uma delas que saiu da boca do nosso Senhor e Salvador, JESUS CRISTO, saiu por um motivo.

Aqui Jesus nos mostrava que para mantermos um relacionamento com Deus, uma comunhão diária com Ele, com o Espírito Santo de Deus, era necessário demonstrar o seu amor a Ele, para que assim Ele pudesse se manifestar, se mostrar a cada um de nós de uma forma maravilhosa no nosso dia a dia.

Jesus primeiro responde que o maior mandamento é amar ao Senhor Teu Deus de todo coração e de todo o seu entendimento e no evangelho de João Ele não só diz o que é amar a Ele, obedecendo aos seus mandamentos, quando diz que isso é necessário para que Ele possa se revelar a cada um de nós que o fez Senhor e Salvador.

Se você anda se perguntando porque o Senhor não se mostra, não se revela a você, como o faz com alguns que você conhece, sugiro que você faça a si mesmo as perguntas a seguir:

AS MINHAS PRIORIDADES SÃO AS PRIORIDADES DO REINO DE DEUS? (AMAR A DEUS)

AMO MAIS A MEUS BENS, ESPOSA, FILHOS, FAMÍLIA, TRABALHO DO QUE AO SENHOR? (AMAR A DEUS)

SERIA CAPAZ DE ABRIR MÃO DE TUDO PARA CUMPRIR O CHAMADO DE DEUS? (AMAR A DEUS)

A VIDA PARA MIM TERIA ALGUM SENTIDO SEM A ESPERANÇA DA SALVAÇÃO, DA VIDA ETERNA? (AMAR A DEUS)

AINDA FAÇO PARA OS OUTROS O QUE NÃO GOSTARIA QUE FIZESSEM PARA MIM? (AMAR AO SEU IRMÃO)

Quem ama ao teu Deus de todo o coração e entendimento:

NÃO MENTE! NÃO DESEJA MAL AO PRÓXIMO! NÃO É INVEJOSO! NÃO É SOBERBO! E OUTRAS TANTAS COISAS…

Se refletíssemos sobre todas essas coisas e se amássemos a Deus verdadeiramente, o mundo veria a Glória da Igreja e se renderia ao Senhor, pois com a comunhão restaurada seríamos todos verdadeiramente LUZ PARA O MUNDO!

A Vida de Um Profeta do Senhor Seria Diferente nos Dias de Hoje?

principio e fim

Hoje em dia vejo profetas sendo exaltados e me pergunto: Será que o mundo está melhor do que nos tempos de Israel que precederam a primeira vinda do Senhor?

Será que as pessoas acreditam mais em Deus do que naquela época?

Se no mundo de hoje a maioria das pessoas conhecem Deus apenas de ouvir falar como poderiam discernir o que vem dEle e o que não vem?

Queria mostrar a vocês aqui que os profetas do Senhor nunca foram bem recebidos pela liderança da época, bem vistos pelo seu povo, pelo contrário, muitos tiveram uma vida de sofrimento e rejeição e alguns tiveram um terrível fim na mão de seu próprio povo.

Não vi nenhum deles ser exaltado e se assim o fizessem tenho certeza que eles repreenderiam, pois conhecendo a Deus como eles conheciam não permitiriam tal engano por parte das pessoas.

Sei que nunca foram recebidos de tapete vermelho ou músicos, pelo contrário, foram decapitados, serrados ao meio (segundo a tradição rabínica o profeta Isaías foi colocado dentro de um tronco e serrado ao meio), apedrejados, jogados em poços para morrer, açoitados, crucificados, rejeitados, passando tanto sofrimento quanto necessário para entregar a mensagem que lhe foi confiada com a fidelidade necessária, sem omissões ou covardia.

6″Assim, pegaram Jeremias e o jogaram na cisterna de Malquias, filho do rei, a qual ficava no pátio da guarda. Baixaram Jeremias por meio de cordas para dentro da cisterna. Não havia água na cisterna, mas somente lama; e Jeremias afundou na lama.” Jeremias 38:6

“Pelo que, esta geração será considerada responsável pelo sangue de todos os profetas, derramado desde o princípio do mundo: desde o sangue de Abel até o sangue de Zacarias, que foi morto entre o altar e o santuário. Sim, eu lhes digo, esta geração será considerada responsável por tudo isso.” Lucas 11:50,51

“O rei ficou aflito, mas, por causa dos juramento e dos convidados, ordenou que lhe fosse dado o que ela pedia e mandou decapitar João na prisão. Sua cabeça foi levada num prato e entregue à jovem, que a levou à sua mãe.”  Mateus 14:9-11

“Elias teve medo e fugiu para salvar a vida. Em Berseba de Judá ele deixou o seu servo e entrou no deserto, caminhando um dia. Chegou a um pé de giesta, sentou-se debaixo dele e orou, pedindo a morte. “Já tive o bastante, Senhor. Tira a minha vida; não sou melhor do que os meus antepassados. ” 1 Reis 19:3,4

O Destino dos profetas devia ser bem conhecido em Israel, por isso vemos a reação de Jonas ao ser chamado pelo Senhor para assumir a tarefa:

“A palavra do Senhor veio a Jonas, filho de Amitai com esta ordem: “Vá depressa à grande cidade de Nínive e pregue contra ela, porque a sua maldade subiu até a minha presença”. Mas Jonas fugiu da presença do Senhor, dirigindo-se para Társis. Desceu à cidade de Jope, onde encontrou um navio que se destinava àquele porto. Depois de pagar a passagem, embarcou para Társis, para fugir do Senhor.” Jonas 1:1-3

Eu imagino a pressão que era sobre aqueles homens, ao ponto de um dos maiores profetas pedir para morrer, como fez Elias.

Mas eu posso compreender os sentimentos que rodeavam as suas mentes, pois não deve ser fácil para um ser humano ser rejeitado pelos seus ao levar uma Palavra de correção que os livraria de um juízo vindouro, que os que recebiam não conseguiam compreender, mas ele sim que havia vivido aquele juízo em suas visões;

Estar diante de líderes ovacionados pelos seus liderados, enquanto o Senhor revelava a iniquidade que eles praticavam longe dos olhos daqueles;

Levar uma Palavra do Senhor no domingo em seus templos e no final de semana seguinte o líder daquele lugar falar para os seus liderados que não era bem assim como foi falado por ele e ouvir do Senhor que não pregasse mais naquele lugar, pois eles não eram dignos de você, por não receberem a mensagem que foi pregada;

Saber antecipadamente quando os que amavam partiriam e por conhecer e amar ao seu Deus não se sentir no direito de questioná-lo;

Pregar no deserto, como João Batista, passando por toda sorte de insultos e ameaças, mesmo sabendo que poucos ouviriam a mensagem e se arrependeriam;

Ver o Juízo e consequentemente o sofrimento que viria sobre a Terra e nada poder fazer, pois nenhum deles foi recebido em sua época pela dureza do coração daqueles;

Viver fisicamente na Terra enquanto seu espírito estava conectado no Céu, tendo uma relação de comunhão com o Criador maior do que com que os que viviam ao seu redor;

Olhar para os que amava com o desejo de tê-los ao seu lado ao mesmo tempo em que seu espírito desejava ser recolhido para estar ao lado do seu Senhor onde encontraria um descanso;

Saber da responsabilidade em transmitir a mensagem daquele que o enviou ao mesmo tempo que a cada Palavra que entregava o fazia parecer diferente, o que consequentemente afastava a muitos.

Vejo tudo isso e me pergunto:

Porque tantos que se dizem profetas hoje em dia têm uma vida completamente diferente do que os verdadeiros profetas tiveram?

Porque vejo tantos profetas da prosperidade, onde os verdadeiros homens que entregaram a mensagem que lhes foi confiada padeceram tanto por isso, sendo rejeitado por praticamente todos da sua época?

Temos que ficar atentos a todas essas coisas, pois o nosso Reino não é desse mundo e como diz as Sagradas Escrituras:

 Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno.” 1 João 5:19

E se essas pessoas estão sendo ovacionadas e reconhecidas devemos vigiar para não cairmos mais uma vez no engano!