O Reino dos Céus Já Chegou!Texto

Graça e paz meus irmãos!

Eu queria passar para vocês mais uma mensagem, que o Espirito Santo ministrou em meu coração.

Queria começar fazendo uma pergunta a cada um de vocês:

Quantos de vocês tem consciência que o Reino dos Céus já chegou, para aqueles que estão em Cristo Jesus?

Deus começou a falar comigo sobre isso enquanto eu lia o livro de Daniel, na minha leitura regular da bíblia, no capítulo 2, o Senhor me mostrou algo e foi me mostrando outras passagens.

As pessoas se preocupam ao ler o livro de Daniel, com a parte apocalíptica e esquecem que o livro fala coisas que se cumpriram a mais de 2.000 anos atrás, que fala também sobre Jesus e do Reino dos Céus que veio junto com Ele.

Eu queria compartilhar com vocês essa luz que o Espírito Santo me deu nesse texto de Daniel 2:26-45.

Antes eu queria falar um pouco da história de Nabucodonosor e dos cativos da Babilônia:

Para vocês entenderem, Nabucodonosor, Rei da Babilônia, onde Daniel e outros de Israel estavam cativos,   teve um sonho e exigiu de todos os magos que lhe dissessem o que ele sonhou e a interpretação do sonho.

Os magos disseram ao Rei que era impossível algum homem saber aquele segredo, pois só os deuses saberiam aquilo.

Por isso o rei decretou a morte de todos os sábios e magos do reino e chegou a vez de Daniel e seus amigos e ele procurou saber o porquê do decreto, ao saber ele pediu que fosse levado ao Rei a quem pediu um prazo para dar as respostas que ele queria.

Daniel e seus amigos oraram a Deus e Ele lhes deu o sonho e a interpretação do mesmo e Daniel voltou ao Rei.

Vocês podem me perguntar o que isso tem a ver com Jesus e o Reino dos Céus, mas quando eu ler vocês vão entender o que estou falando.

26 O rei perguntou a Daniel, também chamado Beltessazar: “Você é capaz de contar-me o que vi no meu sonho e interpretá-lo?

O rei queria uma coisa fácil, que Daniel dissesse o que ele sonhou e a interpretação do sonho.

27 Daniel respondeu: “Nenhum sábio, encantador, mago ou adivinho é capaz de revelar ao rei o mistério sobre o qual ele perguntou, 28 mas existe um Deus nos céus que revela os mistérios. Ele mostrou ao rei Nabucodonosor o que acontecerá nos últimos dias.

O sonho e as visões que passaram por tua mente quando estavas deitado foram os seguintes: 29 “Quando estavas deitado, ó rei, tua mente se voltou para as coisas futuras, e aquele que revela os mistérios te mostrou o que vai acontecer. 30 Quanto a mim, esse mistério não me foi revelado porque eu tenha mais sabedoria do que os outros homens, mas para que tu, ó rei, saibas a interpretação e entendas o que passou pela tua mente. 31 “Tu olhaste, ó rei, e diante de ti estava uma grande estátua: uma estátua enorme, impressionante, e sua aparência era terrível. 32 A cabeça da estátua era feita de ouro puro, o peito e o braço eram de prata, o ventre e os quadris eram de bronze, 33 as pernas eram de ferro, e os pés eram em parte de ferro e em parte de barro. 34 Enquanto estavas observando, uma pedra soltou-se, sem auxílio de mãos, atingiu a estátua nos pés de ferro e de barro e os esmigalhou.

É basicamente sobre esse trecho que eu grifei que vamos falar.

Abaixo vou mostrar a vocês uma pesquisa que eu fiz, explicando o significado da estátua, dos Reinos que ela representa e o período de cada um desses reinos, segundo o consenso da grande maioria.

Podemos observar ainda que os metais foram se degradando do ouro até o ferro com barro, o que também representa uma degradação moral desses reinos, um após o outro.

Apesar do poder e o domínio ter aumentado, esse poder só degradou os reinos seguintes.

31 “Tu olhaste, ó rei, e diante de ti estava uma grande estátua: uma estátua enorme(1), impressionante, e sua aparência era terrível.

(1) A estátua representa 4 reinos que já passaram e dominaram sobre toda a terra. Esses Reinos foram:

1° – Caldeus (Ambicioso pelo poder, Nabucodonosor investiu no exército para conquistar os territórios do Egito e dos assírios em sua totalidade. Não satisfeito, expandiu a hegemonia caldeia para Jerusalém, Fenícia e Arábia, que estavam mais despreparados para as invasões.

Ainda estavam sob seu domínio a Palestina, a Síria e o Elam, tornando-o o mais poderoso rei do Oriente.

(Fonte: www.infoescola.com)

2° – Medos e Persas (Com Ciro I (559 a.C. – 529 a.C.), iniciou-se a dinastia Aquemênida e um expansionismo territorial que levaria a civilização medo-persa a construir um enorme império.

Ciro I conquistou a Lídia e colônias gregas da Ásia Menor e, a seguir, em 539 a.C., a Babilônia, libertando os judeus do cativeiro, permitindo seu regresso à Palestina ( Esdras 1-1).

Progressivamente a Fenícia, a Palestina e a Síria também se submeteram ao domínio persa, cujo império se estendeu da Ásia Menor e costa mediterrânica, no ocidente, à Índia, no oriente.

O sucessor de Ciro, o filho Cambises I (529 a.C. – 522 a.C.), continuou o expansionismo, empreendendo uma expedição persa sobre o Egito, conquistando-o na batalha de Pelusa, em 525 a.C. No Egito, o último faraó Psamético III foi feito prisioneiro e Cambises, reconhecido como o rei sucessor, desenvolveu uma política sem a tolerância típica da administração de seu pai.

Com Cambises, impôs-se uma crescente centralização, um despotismo político, tão comum aos reinos da Antiguidade oriental.

Ao morrer, sem deixar um filho herdeiro, foi sucedido por outro membro de sua família, apoiado pela cúpula política constituída pelo Conselho Real, o conjunto de líderes que representavam as tribos que, unidas, tinham dado origem ao Império Persa.

Este herdeiro era Dario I (512 a.C. – 484 a.C.), o soberano persa que levaria o império ao seu apogeu e que foi considerado um administrador exemplar.

Aprimorando a administração, Dario viabilizou os sistemas de impostos e estimulou o intercâmbio comercial com a criação da moeda de ouro, o dárico, transformada na primeira unidade monetária internacional confiável e aceita, no mundo antigo.

Sob a autorização de Dario, continuava a existir o uso local das tradicionais moedas de cobre e prata, cunhadas pelos sátrapas, porém, sem a importância da moeda imperial.

A garantia do enorme império estava no exército formado por soldados dos satrápias e comandados pelos medo-persas, cujo poderio levou Dario I à tentativa de dominação completa das colônias gregas da Ásia Menor, originando um dos maiores conflitos militares do mundo antigo: as Guerras Médicas.

Este confronto entre Oriente e Ocidente levou as várias cidades gregas a uma união militar na luta pela autonomia e defesa de seu território, culminando nos insucessos militares de Dario I e de seu sucessor, o filho Xerxes I.

O resultado final foi a vitória grega que marcou o início da completa decadência do império, de forma rápida e incontrolável.

Em grande parte, a heterogeneidade do exército medo-persa favoreceu as seguidas derrotas para os gregos.

No governo de Xerxes I (481 a.C. – 465 a.C.) e, mais intensamente, no de seus sucessores, as revoltas das populações subjugadas acabaram completando o enfraquecimento e a desintegração do império, o que permitiu a completa conquista Macedônia de Alexandre Magno, em 330 a.C., pondo fim à dinastia aquemênida. ) (Fonte: www.faustomoraesjr.sites.uol.com.br)

3° – Grego – Macedônia – Alexandre o Grande (Filipe II morreu assassinado dois anos depois. Em seu lugar assumiria o Império o seu filho, Alexandre Magno.

As cidades gregas não aceitaram o jovem rei como soberano, rebelaram-se achando o momento ideal para se libertarem do domínio macedônico.

Alexandre mostrou ser um hábil governante e conseguiu sufocar as rebeliões liderada pela Cidade de Tebas.

Contornado a situação na Grécia, o Império Macedônico voltou as suas atenções para o Oriente, onde a muito tempo os persas buscavam destruir a Civilização Grega.

A Macedônia iniciaria uma guerra contra o Império Persa, na época governado por Dario III. Quando iniciado as lutas, as Falanges Macedônicas mostraram-se superiores as tropas do Exército Persa.

Com a morte de Dario III, Alexandre tornou-se o senhor do Oriente, dono do maior Império da historia até então formado.

O Império Macedônico ia da cidade de Pela na Macedônia até aos arredores da Índia.

O gigantesco Império formado por Alexandre, o Grande, seria desfeito após a sua morte em 323 a.C.

Os principais generais macedônicos dividiram o império, formando reinos particulares na Ásia, no Egito e na Pérsia. Inicia-se assim o Período Helenístico, onde a cultura grega fundiu-se com os costumes dos povos do Oriente. )

4° – Império Romano (República Romana (509 a.C. a 27 a.C)
Durante o período republicano, o senado Romano ganhou grande poder político. Os senadores, de origem patrícia, cuidavam das finanças públicas, da administração e da política externa. As atividades executivas eram exercidas pelos cônsules e pelos tribunos da plebe.

Após dominar toda a península itálica, os romanos partiram para as conquistas de outros territórios.

Com um exército bem preparado e muitos recursos, venceram os cartagineses, liderados pelo general Anibal, nas Guerras Púnicas (século III a.C). Esta vitória foi muito importante, pois garantiu a supremacia romana no Mar Mediterrâneo.

Após dominar Cartago, Roma ampliou suas conquistas, dominando a Grécia, o Egito, a Macedônia, a Gália, a Germânia, a Trácia, a Síria e a Palestina.

(Fonte: www.suapesquisa.com)

32 A cabeça da estátua era feita de ouro puro,( Caldeus) o peito e o braço eram de prata,( Medos – Persas) o ventre e os quadris eram de bronze,(Macedônia – Alexandre) 33 as pernas eram de ferro, e os pés eram em parte de ferro e em parte de barro.( Romanos)

34 Enquanto estavas observando, uma pedra (Yeshua  – Deus é a Salvação no Hebraico o nome de Jesus )…

Jesus é a pedra angular:

42 Jesus lhes disse: “Vocês nunca leram isto nas Escrituras? “ ‘A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; isso vem do Senhor, (Yeshua  – Deus é a Salvação, no Hebraico o nome de Jesus) e é algo maravilhoso para nós’ a . 43 “Portanto eu lhes digo que o Reino de Deus será tirado de vocês e será dado a um povo que dê os frutos do Reino. 44 Aquele que cair sobre esta pedra será despedaçado, e aquele sobre quem ela cair será reduzido a pó”.b Mateus 21:42-44

soltou-se, sem auxílio de mãos ( Deus é a Salvação – Yeshua – Jesus – Ele deu a salvação através de Jesus)

…atingiu a estátua nos pés de ferro e de barro e os esmigalhou….

O Reino dos Céus é superior a todos os Reinos

26 Se Satanás expulsa Satanás, está dividido contra si mesmo. Como, então, subsistirá seu reino? 27 E se eu expulso demônios por Belzebu, por quem os expulsam os filhos b de vocês? Por isso, eles mesmos serão juízes sobre vocês. 28 Mas se é pelo Espírito de Deus que eu expulso demônios, então chegou a vocês o Reino de Deus. Mateus 12:26-28

…35 Então o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro foram despedaçados, viraram pó, como o pó da debulha do trigo na eira durante o verão. O vento os levou sem deixar vestígio. Mas a pedra

Deus é a Salvação – Yeshua – Jesus é a pedra!

…que atingiu a estátua tornou-se uma montanha

Deus é a Salvação – Yeshua – Jesus é a pedra que se tornou uma montanha após ressuscitar, vencer a morte e ser exaltado pelo Pai, com autoridade sobre tudo:

9 Por esta razão Cristo morreu e voltou a viver, para ser Senhor de vivos e de mortos. 10 Portanto, você, por que julga seu irmão? E por que despreza seu irmão? Pois todos compareceremos diante do tribunal de Deus. 11 Porque está escrito: “ ‘Por mim mesmo jurei’, diz o Senhor, ‘diante de mim todo joelho se dobrará e toda língua confessará que sou Deus’ ” a . Romanos 14:9-11

…e encheu a terra toda…

Nós Cristãos enchemos toda terra como testemunhas de Jesus

8 Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”. Atos 1:8

36 “Foi esse o sonho, e nós o interpretaremos para o rei. 37 Tu, ó rei, és rei de reis. O Deus dos céus concedeu-te domínio, poder, força e glória; 38 nas tuas mãos ele colocou a humanidade, os animais selvagens e as aves do céu. Onde quer que vivam, ele fez de ti o governante deles todos. Tu és a cabeça de ouro. (Nabucodonosor – 604 a.C. – 562 a.C – Fim do domínio Caldeu em 539 A.C. Pelos persas – 65 anos de dominio)

39 “Depois de ti surgirá um outro reino, inferior ao teu. ( Medos-Persas – 539 a.C. Ciro – 330 a.C – Fim do domínio Persa em 330 A.C. Pelos macedônios – Alexandre o Grande – 209 anos de domínio)

Em seguida surgirá um terceiro reino, reino de bronze, que governará toda a terra. ( Macedônios – 330 a.C. Alexandre – 323 a.C – Divisão do império após a morte de Alexandre, dividido em 4 Reinos em 323 A.C.– 7 anos de domínio)

40 Finalmente, haverá um quarto reino, forte como o ferro, pois o ferro quebra e destrói tudo; e assim como o ferro despedaça tudo, também ele destruirá e quebrará todos os outros. 41 Como viste, os pés e os dedos eram em parte de barro e em parte de ferro. Isso quer dizer que esse será um reino dividido, mas ainda assim terá um pouco da força do ferro, embora tenhas visto ferro misturado com barro. 42 Assim como os dedos eram em parte de ferro e em parte de barro, também esse reino será em parte forte e em parte frágil. 43 E, como viste, o ferro estava misturado com o barro. Isso significa que se buscarão fazer alianças políticas por meio de casamentos, mas a união decorrente dessas alianças não se firmará, assim como o ferro não se mistura com o barro. ( Romanos – 539 a.C. Ciro – 476 D.C – Último imperador deposto em 476 D.C. – 1015 anos de domínio)

44 “Na época desses reis, o Deus dos céus estabelecerá um reino que jamais será destruído e que nunca será dominado por nenhum outro povo. Destruirá todos os reinos daqueles reis e os exterminará, mas esse reino durará para sempre. ( Reino dos Céus)

45 Esse é o significado da visão da pedra ( Deus é a Salvação – Yeshua – Jesus) que se soltou de uma montanha, sem auxílio de mãos( Deus é a Salvação – Yeshua – Jesus), pedra que esmigalhou o ferro, o bronze, o barro, a prata e o ouro.( Jesus Retirou a autoridade de satanás aqui na terra e tornou os que estão nEle Seu procurador através do nome de Jesus) “O Deus poderoso mostrou ao rei o que acontecerá no futuro. O sonho é verdadeiro, e a interpretação é fiel”.

Eu queria chamar a atenção aqui meus irmãos, pois ele está dizendo aqui que na época desses reis, o Deus dos céus estabelecerá o Reino Eterno, eu pergunto:

Qual o Reino Eterno que vocês conhecem?

Eu respondo: “O reino dos Céus”

Quem foi que trouxe o Reino dos Céus aqui para terra?

Eu respondo: “Jesus Cristo!”

A pedra que rolou sem auxílio de mãos humanas, foi Jesus meus irmãos, e através de nós a “Pedra” se espalhou por toda terra, pois o cristianismo está em todo o mundo.

Vocês podem me perguntar:

Mas a profecia diz que a pedra esmigalhou todos os reinados da terra, mais como pode ser se ainda existe os governos terrenos?

Eu respondo:

“O que foi esmigalhado e destruído foram os principados e potestades que estão acima desses reinados, pois haviam principados e potestades sobre eles e ainda há para aqueles que não são cristãos.

Veja no próprio Daniel 10:12-13, que o anjo fala para Daniel que existe um principado sobre o Reino da Pérsia, pois era justamente esse principado que estava impedindo o anjo de chegar com a resposta da oração de Daniel”

12 E ele prosseguiu: “Não tenha medo, Daniel. Desde o primeiro dia em que você decidiu buscar entendimento e humilhar-se diante do seu Deus, suas palavras foram ouvidas, e eu vim em resposta a elas. 13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu durante vinte e um dias. Então Miguel, um dos príncipes supremos, veio em minha ajuda, pois eu fui impedido de continuar ali com os reis da Pérsia. Daniel 10:12-13

Isso nos confirma que o rei desse mundo era outro.

Você pode me questionar porque satanás tem tanto domínio sobre a vida das pessoas.

Ele continua tendo para aqueles que não tem Jesus como Senhor e Salvador e ainda não nasceram de novo, pois ele continua reinando na vida dessas pessoas.

Mas na vida daqueles que tem Jesus como Senhor e Salvador, ele não pode, você pode até ser atacado por ele por falta de conhecimento dos direitos que você têm, mas você pode reprendê-lo no nome de Jesus que ele vai embora.

A pedra soltou-se sem auxilio de mãos, pois foi Deus que deu a Salvação através de seu Filho Jesus.

33 “Ouçam outra parábola: Havia um proprietário de terras que plantou uma vinha. Colocou uma cerca ao redor dela, cavou um tanque para prensar as uvas e construiu uma torre. Depois arrendou a vinha a alguns lavradores e foi fazer uma viagem. 34 Aproximando-se a época da colheita, enviou seus servos aos lavradores, para receber os frutos que lhe pertenciam. 35 “Os lavradores agarraram seus servos; a um espancaram, a outro mataram e apedrejaram o terceiro. 36 Então enviou-lhes outros servos em maior número, e os lavradores os trataram da mesma forma. 37 Por último, enviou-lhes seu filho, dizendo: ‘A meu filho respeitarão’. 38 “Mas quando os lavradores viram o filho, disseram uns aos outros: ‘Este é o herdeiro. Venham, vamos matá-lo e tomar a sua herança’. 39 Assim eles o agarraram, lançaram-no para fora da vinha e o mataram. 40 “Portanto, quando vier o dono da vinha, o que fará àqueles lavradores?” 41 Responderam eles: “Matará de modo horrível esses perversos e arrendará a vinha a outros lavradores, que lhe dêem a sua parte no tempo da colheita”. 42 Jesus lhes disse: “Vocês nunca leram isto nas Escrituras? “ ‘A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; isso vem do Senhor, e é algo maravilhoso para nós’. 43 “Portanto eu lhes digo que o Reino de Deus será tirado de vocês e será dado a um povo que dê os frutos do Reino. 44 Aquele que cair sobre esta pedra será despedaçado, e aquele sobre quem ela cair será reduzido a pó”. Mateus 21:33-44

Essa parábola faz uma alusão dos profetas que foram enviados ao povo de Israel e foram rejeitados e termina falando de Jesus, o próprio filho que Deus enviou, e o lançaram fora de Jerusalém e o Crucificaram, finaliza dizendo que Jesus é a pedra angular que foi rejeitada e que o Reino dos Céus foi entregue a outros para que dê os frutos do Reino, ou seja, a nós que éramos gentios antes do nosso Senhor, aqui fica claro que o Reino dos Céus já chegou, pois nós que estamos em Cristo frutificamos os frutos do Reino.

Fala ainda que aquele que cair sobre a pedra, Jesus, será despedaçado, isso acontece com nós Cristãs, quando aceitamos Jesus como nosso Senhor e Salvador, pois as coisas velhas são destruídas e nasce um novo homem, logo o que é velho precisa morrer, ser despedaçado, para que o novo nasça.

Termina dizendo que aquele em quem a pedra, Jesus, cair sobre será reduzido a pó.

Veja a semelhança dessa passagem com a de Daniel:

34 Enquanto estavas observando, uma pedra soltou-se, sem auxílio de mãos(Deus mandou Jesus para salvar o mundo) atingiu a estátua nos pés de ferro e de barro e os esmigalhou 35 Então o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro foram despedaçados, viraram pó, como o pó da debulha do trigo na eira durante o verão. O vento os levou sem deixar vestígio…Daniel 2:34-35.

A pedra é Jesus, que foi enviado por Deus e despedaçou todo o Reino de satanás, que estava sobre o controle dos reinos terrenos.

Vejamos o Salmo 118:19-29:

19 Abram as portas da justiça para mim, (Um reino de Justiça, o Reino dos Céus) pois quero entrar para dar graças ao SENHOR. 20 Esta é a porta do SENHOR,(Jesus é a porta estreita por onde alcançamos a Salvação) pela qual entram os justos. (nós que somos justificados em Cristo) 21 Dou-te graças, porque me respondeste e foste a minha salvação. 22 A pedra (Jesus) que os construtores (Os Judeus) rejeitaram tornou-se a pedra angular.(Jesus é a pedra angular, a pedra perfeita, a principal, o o cabeça da Igreja) 23 Isso vem do SENHOR, e é algo maravilhoso para nós. 24 Este é o dia em que o SENHOR agiu; alegremo-nos e exultemos neste dia. 25 Salva-nos, SENHOR! Nós imploramos. Faze-nos prosperar, SENHOR! Nós suplicamos. 26 Bendito é o que vem em nome do SENHOR. (Jesus) Da casa do SENHOR nós os abençoamos. 27 O SENHOR é Deus, e ele fez resplandecer sobre nós a sua luz (Jesus é o resplandecer da glória de Deus em nós). Juntem-se ao cortejo festivo, levando ramos até as pontas do altar. 28 Tu és o meu Deus; graças te darei! Ó meu Deus, eu te exaltarei! 29 Dêem graças ao SENHOR, porque ele é bom; o seu amor dura para sempre.

Vamos agora para Mateus 11:2-6:

2 João, ao ouvir na prisão o que Cristo estava fazendo, enviou seus discípulos para lhe perguntarem: 3 “És tu aquele que haveria de vir ou devemos esperar algum outro?” 4 Jesus respondeu: “Voltem e anunciem a João o que vocês estão ouvindo e vendo: 5 os cegos vêem, os mancos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e as boas novas (do reino dos Céus) são pregadas aos pobres; 6 e feliz é aquele que não se escandaliza por minha causa”. Mateus 11:2-6

Em Lucas 4:43, Jesus diz:

Mas ele disse: “É necessário que eu pregue as boas novas do Reino de Deus noutras cidades também, porque para isso fui enviado”.

Não podemos ter mais dúvidas que o Reino dos Céus já chegou meus irmãos, para aqueles que estão em Cristo e Cristo nele.

Em Mateus 12:22-29, Jesus nos deixa mais claro ainda que os principados e potestades que agiam sobre os reinos da terra foram derrotados por Ele, instituindo assim através do Seu nome o Reino dos Céus para os Cristãos.

22 Depois disso, levaram-lhe um endemoninhado que era cego e mudo, e Jesus o curou, de modo que ele pôde falar e ver. 23 Todo o povo ficou atônito e disse: “Não será este o Filho de Davi?” 24 Mas quando os fariseus ouviram isso, disseram: “É somente por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa demônios”. 25 Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: “Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá. 26 Se Satanás expulsa Satanás, está dividido contra si mesmo. Como, então, subsistirá seu reino? 27 E se eu expulso demônios por Belzebu, por quem os expulsam os filhos de vocês? Por isso, eles mesmos serão juízes sobre vocês. 28 Mas se é pelo Espírito de Deus que eu expulso demônios, então chegou a vocês o Reino de Deus. 29 “Ou, como alguém pode entrar na casa (A casa que Jesus se refere aqui é a terra) do homem forte (O homem forte que Jesus fala aqui é satanás e Ele veio exatamente para destruir esse reinado de satanás aqui na terra, Jesus foi a pedra que rolou na profecia em Daniel) e levar dali seus bens, sem antes amarrá-lo? Só então poderá roubar a casa dele.

Deus revelou a Daniel, ainda na Babilônia, o Reino dos Céus que seria instituído por Jesus e que se espalharia por toda terra com nós que estamos em Cristo.

Tenham certeza disso meus irmãos, que em qualquer lugar do mundo que existir um Cristão, o Reino dos Céus está com Ele, dentro dele, pois somos todos portadores do Reino através do Espírito Santo que está em nós.

Quando falamos que somos embaixadores de Cristo é justamente isso que estamos falando, pois quando somos embaixadores de um Reino é a esse reino que representamos e a embaixada do Reino dos Céus é o nosso corpo, onde habita o Espírito Santo de Deus.

O território da embaixada dos Estados Unidos em Brasília, não é território brasileiro, é território americano, as leis vigentes dentro da embaixada americana em Brasília é a lei vigente nos Estados Unidos e não as do Brasil.

Assim é conosco meus irmãos que estamos em Cristo e somos habitação do Espírito Santo de Deus, as leis que nos regem no mundo espiritual são as leis do Reino de Deus, tome posse disso e traga as bençãos que já estão reservadas para você nas regiões celestiais.

Você não está mais sobre o domínio de satanás, a partir do momento que aceitou Jesus, que foi o portador do Reino, como seu Senhor e Salvador, mas você precisa ter consciência disso para poder usufruir das maravilhas do Reino de Deus e levar essas boas novas para outras pessoas.

Jesus disse que era preciso que Ele fosse para que viesse o consolador, o Espírito Santo, para que junto com seu Espírito habitando em nós viesse o reino dos Céus.

Tenha consciência que no Reino dos Céus tudo é possível para aquele que crê, você pode até pescar um peixe e tirar dinheiro de dentro dele, veja o exemplo de Jesus:

24 Quando Jesus e seus discípulos chegaram a Cafarnaum, os coletores do imposto de duas dracmas vieram a Pedro e perguntaram: “O mestre de vocês não paga o imposto do templo?” 25 “Sim, paga”, respondeu ele. Quando Pedro entrou na casa, Jesus foi o primeiro a falar, perguntando-lhe: “O que você acha, Simão? De quem os reis da terra cobram tributos e impostos: de seus próprios filhos ou dos outros?” 26 “Dos outros”, respondeu Pedro. Disse-lhe Jesus: “Então os filhos estão isentos. 27 Mas, para não escandalizá-los, vá ao mar e jogue o anzol. Tire o primeiro peixe que você pegar, abra-lhe a boca, e você encontrará uma moeda de quatro dracmas. Pegue-a e entregue-a a eles, para pagar o meu imposto e o seu”. Mateus 17:24-27

A mensagem de Jesus aqui nessa passagem é clara, Ele nos mostra que existe um Reino terreno, mas para aqueles que pertencem ao Reino dos Céus tudo é possível, veja que a moeda que foi retirada da boca do peixe era uma moeda corrente da época, ela não tinha o rosto de Jesus e sim o de César nela, porém a moeda surgiu do que não existia, ela não saiu das prensas de Roma, e sim do poder de Deus de trazer a existência o que não existe.

Usufrua desse poder que está disponível para você que está em Cristo, na hora das dificuldades traga a existência o que não existe através do poder de Deus que está disponível para aqueles que são embaixadores do Reino de Deus.

Tome posse disso e os milagres vão acontecer, as curas vão acontecer, os cegos vão ver e todos os cativos serão libertos…

Pois o Reino dos Céus Já Chegou!!!!

Ele Chegou a mais de 2000 anos atrás com o nosso senhor Jesus Cristo!

A pedra já rolou do monte e destruiu o reinado de satanás para os que estão em Cristo!

Jesus é o nosso elo de ligação com o reino dos Céus.

É como se o fio que ligasse o homem a Deus tivesse sido cortado com a queda de Adão, e Deus nos manda o seu filho ao mundo para que Ele pegue nas duas pontas desse fio que foi cortado e faça essa ligação de volta com Deus e Seu Reino.

Jesus é o nosso cordão umbilical que nos liga ao Pai e ao Reino dos Céus, sem ele você continua como Adão depois da queda, sem ligação nenhuma com Deus Pai e o Reino dos Céus.

Aquela montanha em Daniel que surgiu da pedra é Jesus e ela se espalhou para toda a terra através de nós que estamos em Cristo e Ele em nós.

A cada novo filho que ganhamos para Deus, através de Jesus, nós espalhamos cada vez mais o Reino de Deus na terra.

Tenha ousadia, ore pelos enfermos, interceda pelos que estão sofrendo, pois você é o representante do Reino dos Céus aqui na terra.

As maravilhas que Jesus fazia não passaram, hoje é o tempo de fazê-las novamente, a responsabilidade é nossa!

Vivamos pois meus irmãos o Reino dos Céus que está em Jesus, com o Espírito Santo de Deus que habita em nós!

Que a graça e a paz do Nosso senhor Jesus Cristo estejam com vocês!

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *