O que é preciso para provar a plenitude do amor de Deus?Texto

Talvez seja impossível responder essa pergunta, porque o amor que Ele tem por nós não tem limites, mas podemos imaginar o quanto deixamos de usufruir desse amor quando impomos, mesmo sem querer, barreiras para que esse amor se manifeste em nossas vidas.
Deus manifesta seu amor em nossas vidas, na grande maioria das vezes, através das pessoas que nos cercam, por isso precisamos estar atentos com a forma que estamos interagindo com essas pessoas, devemos nos perguntar:

•    Estamos escutando-as?
•    Estamos abertos as suas opiniões?
•    Estamos deixando-as participar de nossas vidas?
•    Estamos demonstrando nosso amor por elas?

Em vários momentos da minha vida tive a oportunidade de trabalhar diretamente com pessoas de diversas classes sociais e credos, foram experiências maravilhosas e tive a oportunidade de exercitar o amor ao próximo em várias ocasiões.
Percebi que quanto mais eu tratava essas pessoas com educação e amor, mais eu recebia de volta aquilo que as tinha dado, até aquelas que chegavam a mim com “quatro pedras na mão”, ao tratá-las com respeito e atenção elas se sentiam tão constrangidas que mudavam completamente a forma de agir.
Sei que às vezes é difícil agir assim, mas nós que somos nascidos de novo, temos que aprender a agir dessa forma para que possamos usufruir da totalidade desse Amor, pois ao amarmos o nosso irmão e demonstrarmos isso a ele estaremos sendo amados por ele, e consequentemente usufruindo desse amor.
Muitos esperam a vida toda que esse Amor se manifeste de uma forma sobrenatural e perdem a oportunidade de usufruir dele intensamente a vida inteira, simplesmente porque não dão a sua contrapartida como o Jesus nos ensinou:

“Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.
Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Mateus 5:43-44”

“E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. Lucas 10:27”

“O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. João 15:12”

Jesus nos ensina a amar os que nos perseguem e ao próximo como Ele nos amou.

Como Ele nos amou?

“Deu Sua vida por nós!”

Temos que estar dispostos a amar os que nos rodeiam justamente dessa forma, pois se somos verdadeiros cristãos, temos que seguir exatamente os passos do nosso Senhor Jesus Cristo.

Quando aprenderemos que só teremos a plenitude do amor de Deus nas nossas vidas, se nos empenharmos a cada minuto a cumprir esses mandamentos?
Quanto tempo vamos perder esperando que algo sobrenatural aconteça, se a “fórmula” para que recebamos a plenitude desse Amor já nos foi dada a mais de 2.000 anos atrás?

Chega de perder tempo!

Amemos nossos irmãos! Sem demagogia, sem limites e exceções, assim deixaremos o amor de Deus se manifestar na sua plenitude em nossas vidas.

Que a graça e a paz do nosso Senhor Jesus estejam com vocês!

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *