(Jesus Nunca Abandona Aquele Que O Faz Senhor!) Meu Deus! Meu Deus! Porque Me Abandonastes?

Esse post é parte 139 de 239 na série Palavras do Criador

palavras_criador_XV

“Tudo que vai ser dito está na primeira pessoa e foi  escrito no dia 03/11/2013. Queria esclarecer que sou apenas quem digitou as palavras, pois as mesmas foram repetidas uma a uma aos meus ouvidos espirituais, por isso deixo claro aqui que as palavras não são minhas, são dAquele me enviou.”

Porque vocês antes de dizerem isso, nos momentos de sofrimento e infortúnio na vida de vocês, quando vocês se sentem sós e abandonados, pois não conseguem mais ouvir a Minha voz, fruto das coisas que vocês plantaram e agora colhem, não pensam no que realmente aconteceu e está acontecendo a vocês e se realmente Eu vos abandonei ou a situação que se apresentou, muitas vezes fruto de suas escolhas, não está sufocando a voz do Meu Espírito que está a gritar ao vosso lado e o seu espírito de tão conturbado não consegue mais discernir o que vem de Mim, do maligno ou da sua mente?

Entendam que Eu nunca abandono aqueles que Meu Pai Me deu, Eu nunca deixo só aqueles que Me foram confiados pelo Pai, porém do que vale Eu estar ao seu lado se não mais consegues discernir o que vem de Mim ou dos seus próprios instintos?

Saibam que para que isso não ocorra, para que não chegues ao ponto de Me perguntar se Eu os abandonei, deves ter discernimento das coisas que Eu digo desde o princípio, para que não caia nas armadilhas do maligno, chegando ao extremo de perder de vez o discernimento e não mais compreenda o que vem de Mim ou não.

Entenda que Eu estou e estarei sempre ao lado daquele que aceitar Meu Senhorio, e conforme a Minha promessa estarei com este até os fins dos tempos, para que ele jamais se desvie do caminho e pereça nesse mundo de trevas, porém o seu coração deve estar inclinado para as coisas que Me pertence, das quais Eu conheço e trabalho, pois se no seu coração se acharem trevas e essas trevas te consumirem ao ponto de tornar-se maiores que a Minha Palavra na sua vida, não mais podereis discernir entre o certo e o errado, entre o bem e o mal, entre Mim e o maligno…

Saibas que quando seu coração está cheio dessas coisas o Meu amor não pode transbordar, o Meu amor não pode irradiar a luz que Eu tanto prometi que vocês seriam, como um farol em cima do monte, como uma lamparina a guiar os seus pares, pois se deixares que as trevas desse mundo entre e corrompa o seu coração, no seu livre arbítrio, na sua vontade, apesar de Ser maior que ela, que as trevas, Eu não posso forçá-lo a Me ter, a ter o Meu Amor, pois Eu não sou o ladrão, que força, Eu apenas entro quando Me convidam, porém quando Me convidas é necessário que deixes que Eu trabalhe tudo na sua vida, não apenas os alicerces, não apenas a base dela e sim tudo, pois Quero estar em tudo na sua vida, em tudo nas suas decisões, pois como Já disse a sua visão é limitada e sem a Minha visão não enxergas ao longe como Eu, apenas vê o que lhe parece confortável e certo no primeiro momento e não o que verdadeiramente será uma semente para a colheita vindoura.

Entendam que basta Me dar lugar a sua vida, todos os dias, em tudo nela e veras que Eu nunca te abandonei e nunca te abandonarei, pois confiando em Mim dessa forma entenderás que Eu nunca deixo de cumprir uma promessa…

Navegar na Série<< Meu Deus, Porquê Me Abandonastes? Muitos Dizem! (Vídeo)(Juízo Sobre os Líderes!) Meu Deus! Meu Deus! Porque os Homens Estão Tão Cegos? >>

Tags , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *