A Igreja tem que ser a justiça de Deus na Terra!Texto

O que quero falar aqui hoje não é da Justificação da humanidade que foi conquistada com o sacrifício do nosso Senhor Jesus Cristo na cruz, conforme vemos nas passagens abaixo:

38 “Portanto, meus irmãos, quero que saibam que mediante Jesus lhes é proclamado o perdão dos pecados. 39 Por meio dele, todo aquele que crê é justificado de todas as coisas das quais não podiam ser justificados pela Lei de Moisés. Atos 13:38-39.

21 Mas agora se manifestou uma justiça que provém de Deus, independente da Lei, da qual testemunham a Lei e os Profetas, 22 justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo para todos os que crêem. Não há distinção, 23 pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, 24 sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus. Romanos 3:21-24.

Quero mostrar a vocês que nós Igreja de Cristo, temos que ser exemplo para o mundo,  não agindo como o mundo, pois não somos mais do mundo, somos embaixadores do Reino dos Céus.

A algum tempo, comecei a me perguntar o porquê de já estarmos na graça e ainda não estarmos usufruindo da totalidade do que a palavra diz e do que Deus nos prometeu, com o sacrifício que foi feito pelo nosso Senhor Jesus na cruz, como por exemplo as pessoas continuam sofrendo de enfermidades e não recebem a cura como deveria ser segunda a palavra.

Devemos aceitar que Jesus levou sobre si não só os nossos pecados, mas também as nossas enfermidades, ou teremos que apagar essas passagens da bíblia:

4 Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças; contudo nós o consideramos castigado por Deus, por Deus atingido e afligido. 5 Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados. Isaías 53:4-5;

14 Entrando Jesus na casa de Pedro, viu a sogra deste de cama, com febre. (Doença) 15 Tomando-a pela mão, a febre a deixou, e ela se levantou e começou a servi-lo. 16 Ao anoitecer foram trazidos a ele muitos endemoninhados, e ele expulsou os espíritos com uma palavra e curou todos os doentes. 17 E assim se cumpriu o que fora dito pelo profeta Isaías: “Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças”. Mateus 8:14-17;

Alguns podem dizer: mas foi Jesus e isso já passou, eu garanto a vocês que isso não passou, pois em nome de Jesus eu já reprendi muitas enfermidades e demônios e vi a Glória de Deus se manisfestar e curar pessoas de fé, algumas até que não eram cristãs ainda, porém tinham fé em Deus e um coração com inclinação para o bem.

Todos sabemos que Deus não é homem para mentir e vigia para que Sua palavra se cumpra, estando nossas petições alinhadas com Ela e tendo fé.

3 Que importa se alguns deles foram infiéis? A sua infidelidade anulará a fidelidade de Deus? 4 De maneira nenhuma! Seja Deus verdadeiro, e todo homem mentiroso… Romanos 3:3-4;

12 O SENHOR me disse: “Você viu bem, pois estou vigiando para que a minha palavra se cumpra”. Jeremias 1:12.

Sabemos também que a Igreja de Cristo continua perecendo por falta de conhecimento, e como vem esse conhecimento?

Sempre ouvimos e sabemos que ele vem por ouvir e ouvir a Palavra de Deus, ou seja, o que está escrito em seus testamentos e o que nos é revelado pelo Espírito Santo, através dos Seus enviados.

Acontece que nem sempre a palavra de Deus é transmitida acompanhada de uma revelação ou não ficamos atentos à totalidade dos versículos, vendo-os perifericamente ou esquecendo os “e’s”, que impõem condicionais para que possamos tomar posse das bênçãos nas quais Deus já nos abençoou.

Em Mateus 6:33, Jesus nos diz:

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”.

Temos aprendido nesse versículo que basta buscarmos o Seu Reino e ele nos suprirá de todas as nossas necessidades.

Por esses dias tenho meditado, nesse versículo e vejo o quanto Deus tem sido bom para mim.

Sei que tenho buscado Ele e O colocado acima de tudo na minha vida, procurando receber o máximo que Ele tem pra me ensinar e para me preparar para o chamado que Ele tem para minha vida.

Hoje sei realmente quem sou em Cristo e qual minha posição em relação ao Pai.

Sei também que essa sede que tenho em conhecê-LO cada vez mais, vêm da fé incondicional que tenho Nê-le e do Amor de Cristo que foi derramado em meu coração.

Ao mesmo tempo me comovo pelos meus irmãos que não conseguem alcançar essa fé e mesmo os que tem fé não conseguem tomar posse das bençãos que estão reservadas para eles.

Nas minhas orações reconhecí perante Deus o quanto era fácil para mim ter tanta fé Nê-le, pois desde a minha infância O conheço e tenho uma forte comunhão com ele através dos dons que Ele me concedeu.

Isso me deixou ainda mais compadecido com aqueles que não alcançam a fé na sua plenitude, porque não O conhecem e têm que ter fé mesmo sem ter nenhuma experiência Espiritual.

No ano passado, durante uma das aulas de um seminário, o Espírito Santo derramou mais uma vez a Sua unção e o Amor de Cristo no meu coração.

Depois de quase uma hora recebendo Dê-le, consagrei mais uma vez a minha vida a Igreja de Cristo e entreguei minha vida em Suas mãos para a obra que Ele tem reservada para mim.

Levantei-me “Embriagado pelo Espírito” e fui abraçando a todos que estavam à minha frente.

Ao me aproximar de uma das irmãs, sentí a nescessidade de pedir perdão mesmo que a minha mente insistisse que não tinha o que ser perdoado, obedecí ao espírito e assim o fiz.

Ela me falou justamente o que eu estava pensando, me disse que não tinha nada a ser perdoado, pois ela sabia que não havia nenhuma maldade no meu coração.

Naquele instante o Espírito Santo falou através dê-la, dizendo que como Deus disse a Daví , Ele estava mandando me dizer naquele momento que conhecia o meu coração e que eu era “um homem segundo o coração de Deus”, e mandou eu receber aquela palavra.

Sabemos que Deus nos fala de várias formas e maneiras diferentes, e naquele momento Ele estava colocando mais uma peça no quebra cabeça nos meus questionamentos sobre o quanto era fácil para mim ter fé Nê-le, devido a comunhão que tinha-mos.

Naquele momento Ele me disse:

“Eu tenho uma comunhão a esse nível com você, porque eu te conheço mesmo antes de você me conhecer. Mesmo antes de você saber verdadeiramente quem eu era, sondei o seu coração e ví que você é era um homem justo.”

Comecei então a me perguntar:

O que é ser justo para Deus?

Lembrei do quanto durante toda a minha vida tinha tentado ser justo com todas as pessoas, sem distinção, me esvaziando de mim mesmo e morrendo para o meu próprio eu.

Entendí então que para termos o que o versículo de Mateus 6:33 nos promete, temos:

  •  Ser justificados em Jesus Cristo, quando O aceita-mos como nosso Senhor e Salvador;
  • Buscá-Lo em primeiro lugar;
  • Ter uma fé incondicional em nosso Senhor;
  • Sermos a Sua justiça aqui na terra, como? Sendo justos como nossos irmãos, independente de raça, sexo, crença, classe social ou religião, tendo assim um coração segundo o coração de Deus.

Vamos ver novamente o versículo em Mateus 6:33:

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”.

A grande maioria das pesoas lembram apenas a primeira parte do versículo, até o “buscai primeiro o reino de Deus”, e esquecem que temos depois um “E” e não um “OU”, ou “se achar melhor”, “se tiver tempo”, “se lhe for conveniente” a sua justiça.

Concluindo o versículo vemos que além de buscar o Reino temos que buscar também a sua justiça, para que as demais coisas nos sejam acrescentadas.

Muitos de nós estamos cumprindo parte do versículo e esquecendo de ser embaixadores do Reino aqui na terra, agindo como tal.

Por isso é que muitos que estão nas igrejas ainda perecem, justamente por falta do pleno conhecimento da verdade, assim não tomam posse da plenitude das promessas que estão na palavra, pois esquecem o que esta entre as vírgulas.

Falta a Igreja ser a justiça de Deus aqui na terra, sendo nós justos uns com os outros, justo como nosso Pai é conosco, sem querer tirar proveito, dando a cada um o que lhe é devido, agindo com seu irmão segundo o coração de Deus.

Muitos dos nossos irmãos em Cristo agem em determinadas situações como o mundo agiria e não como o nosso Deus de Justiça agiria.

O inimigo vai nos apresentar situações no nosso dia a dia para que caso ajamos errado possa  nos acusar, cabe a nós termos discernimento e estarmos firmes no que palavra de Deus diz sobre cada situação e aplicarmos exatamente o que a palavra diz sobre cada caso.

Se todos nos da Igreja de Cristo passarmos a agir a assim , sendo exemplos para o mundo, não só as bençãos nos alcançaram como também ganharemos vidas e mais vidas para Jesus, pois as pessoas ficarão curiosas em conhecer o que nos transformou e nos faz agir dessa forma.

Um dos meus sonhos é que daqui a algum tempo as pessoas do mundo digam frases como:

“O José é um homem de bem, pode ter certeza que ele não vai tirar proveito de você, pois ele é Cristão!”

“Ponho minha mão no fogo pelo João, ele é Cristão, tenho certeza que ele não faria isso!”

E muitas outras frases ainda, porém hoje ainda sofro em ouvir algumas coisas sobre nós simplismente por um agir diferente da palavra de muitos que estão no nosso meio.

Seja a justiça de Deus aqui na terra, busque a Deus em primeiro lugar e prepare espaço na sua vida para receber a abundância das bençãos que estão reservadas para você.

Que a graça e a paz do nosso Senhor Jesus Cristo estejam com vocês!

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *