A Vida de Um Homem Depende dele Até que Ponto? Parte X

Esse post é parte 18 de 60 na série A Vida de Um Homem Depende Dele Até Que Ponto?

palavras_criador_XXVI

“Tudo que vai ser dito abaixo está na primeira pessoa e foi  escrito no dia 26/07/2013. Queria esclarecer que sou apenas quem digitou as palavras abaixo, pois as mesmas foram repetidas uma a uma aos meus ouvidos espirituais, por isso deixo claro aqui que as palavras não são minhas, são dAquele me enviou.”

Eu o amarei e Me manifestarei a ele! Foi o que disse sobre o que Eu faria aos que Me amassem.

Mas o que significa esse Me amar e o que significa esse manifestar?

Quem Me ama obedece aos Meus mandamentos e os guarda, foi isso que Eu disse!

Mas os homens ao Me conhecer obedecem aos seus mandamentos e os guardam…

Os Meus mandamentos todos conhecem de cór e o amor é o maior de todos eles, mas Eu pergunto:

Vocês amam o seu irmão? Dirão que sim!

Mas Eu pergunto:

Como? Se não demonstram esse amor com obras, não com obras materiais, mas obras espirituais, agindo de acordo com a sua nova natureza que receberam ao Me fazerem Senhor e Salvador, as mesmas que os primeiros tinham, uma natureza que vem de Mim, do Meu Espírito e não da carne, do mundo.

Gastam horas e horas Me adorando, dizendo:

Senhor! Senhor! repetidas vezes, mas ao primeiro contato com seus pares, sentem em seu intimo como se fossem superiores, maiores, mais sábios, mais constantes em sua comunhão Comigo, porém esquecem que ao menor sinal de perigo se apegam a sua natureza antiga, a da carne e se voltam para os seus próprios interesses, levando em conta que muitos desses interesses não Me interessam, nem ao Reino.

Do que vale ao homem amar aos seus interesses, ao mundo, se não ama ao seu irmão, se julga o seu irmão, se humilha o seu irmão, se discute com o seu irmão, se faz pouco caso com as coisas importantes da vida dele e depois quer se achegar a Mim como se fosse normal ter feito as coisas que você fez todo o seu dia?

Por acaso Eu minto?

Por acaso eu me contradigo?

Quando eu disse que Me manifestaria aos que Me amassem e também que amar ao seu próximo só seria menor que amar ao Senhor, seu Deus, de todo teu coração e todo o teu ser?

Como posso Eu agora Te receber, Me manifestar a você, deixando de cumprir a Minha Palavra?

Eu disse: Primeiro se acerte com seu credor antes de acertar suas dívidas!

Vocês não entenderam?

Acaso Eu falei de uma forma difícil de entender?

Porque zombam e brincam com a Minha Palavra como se fosse qualquer coisa?

Caso vocês não saibam e não tenham entendido, Eu zelo pela Minha Palavra!

Por isso como Eu poderia contradizer-Me ao ponto de alguém tratar seu irmão com zombaria e astúcia dia após dia, me chamar de Pai e Senhor, como se isso bastasse para encobrir as suas falhas ao desobedecer os Meus mandamentos?

Acaso Eu mentiria ao dizer que teria um coração de carne?

E se tens agora um coração de carne e não um coração de pedra, como ages com zombarias e astúcia com os teus irmãos?

Eu vos digo: É porque o seu coração não é de carne e Minhas leis não foram guardadas no seu coração, tens um coração de pedra e teu pai não sou Eu!

Acaso Eu compartilho com essas coisas e se agora tens Meu coração como andas a fazer essas coisas?

Sou Eu assim contigo?

Te trato com astúcia e maldade?

Zombo de você?

Falo coisas que te ofende para defender Meus interesses?

Ora, se não Sou assim como poderia os Meus filhos, iluminados por Mim, serem assim?

Veja, observe, atente e descubra onde você perdeu o que Eu te dei!

Pôs Vos adverti através do Meu servo João: Cuidado para não perder a sua coroa!

Acaso se perde o que não se tem?

Se pode perder é porque um dia se teve!

Quem tem ouvidos que ouça!

Continua…

Deseja Adquirir o Livro ou Ebook Desta Série?

Você pode encontrar na Amazon ou no Clube de Autores

Ebook Livro Impresso
No Clube de Autores  capa_ebook
Navegar na Série<< A Vida de Um Homem Depende dele Até que Ponto? Parte IXA Vida de Um Homem Depende dele Até que Ponto? Parte XI >>

Tags , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *