A Vida de Um Homem Depende dele Até que Ponto? Parte II

Esse post é parte 3 de 60 na série A Vida de Um Homem Depende Dele Até Que Ponto?

palavras_criador_XXV

“Tudo que vai ser dito abaixo está na primeira pessoa e foi  escrito no dia 20/07/2013. Queria esclarecer que sou apenas quem digitou as palavras abaixo, pois as mesmas foram repetidas uma a uma aos meus ouvidos espirituais, por isso deixo claro aqui que as palavras não são minhas, são dAquele me enviou.”

Saibam agora o querem dizer essas visões e Palavras ditas por Mim:

“Eu Vim para que todos tenham vida e vida plenamente, mas os homens preferiram a morte e morrerão também plenamente!”

O Meu juízo está vindo sobre a terra para mostrar aos homens que existe um Deus e Senhor que está sobre o controle de todas as coisas, que criou os céus e a terra e tudo que nela há, que fez nascer cada árvore plantada e que fez morrer cada grão que foi semeado e não brotou, que faz os céus tremer e a terra estremecer com o sopro da Sua boca, que mostra aos homens o Seu Amor mas também traz aos homens o Seu Juízo

Isto que Meu servo viu e ouviu é exatamente este último,  o Meu Juízo sobre a terra.

Saibam agora o queriam dizer as Escrituras quando falavam coisas relacionadas aos Meus mistérios e vocês não compreenderam ou quando compreenderam incluíram na mensagem coisas originárias da mente de vocês Me fazendo parecer uma criança que não sabe o que quer e não sabe o que fez nem o que vai fazer, que muda de opinião como vocês mudam as suas roupas.

Gostaria de começar falando no que Satanás, a serpente, disse a Eva no Éden, que Eu não queria que eles comessem da árvore pois os seus olhos se abririam.

Eu agora vou lhes revelar um mistério, que estava guardado desde a fundação do mundo e agora será revelado aos homens.

O fruto que vocês tanto se questionam sempre foi e é parte do Meu Ser, pois toda sabedoria vem de Mim, todo conhecimento provem de Mim, seja para o bem ou para o mal, porém o que faz esse conhecimento ser usado para um ou para outro é o coração de cada ser, humano ou celestial, e foi por esse mesmo conhecimento que Lúcifer, Meu querubim guardião, se corrompeu, pois o seu coração estava cheio de astúcia e maldade que o fez usar o conhecimento para o mal, para corromper os Meus filhos na terra e Meus anjos no céu.

Quero dizer que o primeiro pecado cometido por Adão e Eva, que representam em si toda a humanidade, foi o da desobediência, pois eles não estavam preparados ainda para tamanho conhecimento, por isso Eu não os havia permitido experimentar de tamanho poder que o conhecimento traz.

Ao pecarem, perderam sua condição natural, a espiritual, e passaram a ver-se como seres naturais, pois nos seus corações foi permitido entrar a maldade pelo pecado cometido da desobediência, tirando assim a sua condição de estarem sempre na Minha presença.

Ao saber disso Lúcifer e suas legiões que haviam se rebelado dominaram alguns homens e os fizeram cometer as maiores maldades que o ser humano poderia cometer por isso Fui obrigado a de uma vez por todas separar a humanidade por um tempo determinado aqui na terra até que tudo se cumprisse de acordo com a Minha Justiça.

Nesse tempo Separei a nação de israel, através da primeira aliança com Meu servo Abraão na “tentativa” de que eles se regenerassem e tivessem de volta o coração puro que tinham no princípio de tudo, porém todo esforço seria em vão, apesar de já saber disso Eu tinha uma obrigação de fazê-lo para zelar pela Minha Palavra que havia sido empenhada desde o princípio a homens e seres celestiais para que assim todos convivessem em harmonia e paz.

Jurei por Mim mesmo que ninguém seria tratado diferente um do outro, com pesos e medidas diferentes, seja qualquer um que fosse, até Eu mesmo.

Por esse motivo tempos e épocas foram pré-estabelecidos para que o Juízo viesse, não para os que se rebelaram, pois esses já estão julgados e condenados pelo seu pecado maior o de tentar subjulgar o Criador, mais para que os seres celestiais que restaram vissem que mesmo na Minha ira Eu manteria a Minha Justiça e deixaria que antes que a minha sentença fosse aplicada aos caídos, os mesmos pudessem testar os homens, como seus advogados de acusação, na tentativa de mostrar para os demais que a Minha sentença era injusta e que o culpado de tudo era Eu mesmo por ter criado a humanidade.

Continua…

Deseja Adquirir o Livro ou Ebook Desta Série?

Você pode encontrar na Amazon ou no Clube de Autores

Ebook Livro Impresso
No Clube de Autores  capa_ebook
Navegar na Série<< A vida de um homem depende dele até que ponto? Parte IA Vida de Um Homem Depende dele Até que Ponto? Parte II – Vídeo >>

Tags , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *