A humanidade está alheia ao que está acontecendo… Parte Final

Esse post é parte 4 de 8 na série A humanidade está alheia ao que está acontecendo

AS16-118-18885_bgVamos agora entender a resposta que o Senhor me deu após o meu questionamento sobre as afrontas do inimigo na minha vida e de tantos outros irmãos que eu conheço, através das coisas que Ele me mostrou, naquela batalha em que eu me via por quase duas horas naquela madrugada.

Para isso vamos compreender primeiro cada personagem daquilo que me foi mostrado:

  • Eu e os outros que lutavam comigo com as mesmas armas;
  • O Ser que nos auxiliava nos momentos de maiores dificuldades na batalha;
  • O homem com aparência de alguém que estava transtornado, com aspecto de loucura;
  • Os escorpiões pretos;
  • A grande praça;
  • As pessoas que trasitavam sem perceber o que estava acontecendo;
  • O Homem ao qual eu só pude ver os pés e a  orla do manto;
  • Minha filha;

Vamos começar a falar do meu papel e dos outros iguais a mim que estavam comigo naquela batalha, que parecia não ter fim, esses representam todos aqueles, separados por Deus, que não dobraram seus joelhos a outros deuses, ao maligno e que por isso não tiveram seus olhos entorpecidos pelos enganos que ele lançou sobre a terra no período que está previsto no Livro das Revelações ao qual Satanás, a antiga serpente, teria poder sobre a terra para enganar os homens e fazê-los adorar a besta, ou as bestas, que pode ser entendido aqui como tudo que é contrário a Cristo, ao Messias, ao único e definitivo caminho que é capaz de levar o homem a Salvação, ou seja, a Deus e a Vida Eterna.

O Ser, no formato de homem, porém que era pura luz, pois era a única coisa possível de ser vista nEle, tamanha era a Sua Glória, era o próprio Senhor, como Espírito Santo de Deus, o Ajudador, que vinha em socorro dos que batalham pelo Reino e que herdarão a Salvação, nos momentos em que as dificuldades se apresentaram em um limite que as nossas forças estavam totalmente se esvaindo e a batalha estava perdida do nosso ponto de vista, nesses momentos Ele mesmo assumia a batalha enquanto nos refazíamos do choque que aquele ataque tinha nos causado.

O homem com aspecto de alguém que está alucinado, são os tantos que se dizem herdeiros da Salvação, pregam o Evangelho que lhes é conveniente, se aproveitando da unção e dos dons que lhes foram concedidos, pois são irrevogáveis segundo a palavra, para unicamente servirem a si mesmos e a seus interesses, conduzindo as ovelhas do Senhor para onde bem entendem, fazendo as suas vontades e não a do Pai Celestial.

As pessoas que transitavam em meio aquela batalha, sem perceber o que estava acontecendo, são todos aqueles que tiverem seus olhos fechados e que agora seguem ao engano, ou, que em algum momento perderam as esperanças, pelos sofrimentos que enfrentaram e voltaram as costas para o Senhor, perdendo o principal para todo aquele que conheceu a Luz do Mundo: A comunhão com o Pai, com o Deus Eterno.  Cegos agora, sem essa comunhão para os guiar, vagueiam em meio as batalhas que são travadas pelos servos de Deus contra os avanços do maligno sobre a aterra, sem discernir nada do que está acontecendo no espiritual ao seu redor e agora, iguais aos que caíram no engano, não conseguem ouvir a voz dAquele que os resgatou, que clama para que venham em socorro dos seus servos nas lutas desses últimos dias.

A grande praça representa o mundo, a terra, palco dos avanços das forças do inferno contra os eleitos de Deus, saibam eles ou não que são, chamados ou ainda não chamados, afim de por em seus corações desejos obscuros que os fariam distanciar-se ainda mais dos planos de Deus para a vida deles, sem os separados por Deus que batalham  por eles, enquanto a Luz não chega aos seus corações, enquanto outros não apresentam a eles o Único e Verdadeiro Caminho da Salvação, JESUS CRISTO.

Minha filha representa os pontos frágeis na vida de cada um de nós nesse grande enfrentamento dos últimos dias, pois como não podem nos atingir, pois estamos com a espada na mão, a Palavra e os dons que o Senhor nos concedeu, avançam sobre os nossos entes queridos, que nem sempre estão ao nosso redor e que muitas vezes, por não entenderem ou não conhecerem ao Senhor, abrem portas para que o maligno possa entrar.

Os escorpiões pretos representam os principados e potestades desses últimos dias, que em um último levante, tentam enfraquecer e até destruir aqueles ao qual o Senhor separou para Ele ainda na Eternidade, com a finalidade de serem Reis e Sacerdotes na terra que herdaremos, uma terra espiritual e não essa que a vemos, uma terra onde não haverá lugar para nada que for mal e impuro, uma terra onde habita a Justiça Eterna, a terra que foi perdida ainda no Éden, quando a grande serpente corrompeu ao homem o induzindo a pecar contra o seu Deus, desobedecendo a Sua Ordem, Seus mandamento, Sua Palavra.

E o homem, ao qual só me foi permitido ver os Seus pés e a orla do seu Manto? Esse sim o verdadeiro intercessor, o que realmente tem direito e autoridade de interceder por nós, pois enfrentou Satanás e o venceu, diante dos seus seguidores, Aquele que a morte não pôde reter, Aquele que tem a chave da vida e o Único que pode nos conduzir a verdade, pois só através dEle é que o pecado pode ser retirado do coração do homem para que Deus possa voltar a habitar, agora não no nosso meio, em paredes de pedras, mas dentro do próprio homem, guiando-o e servindo de Luz nesse mundo tenebroso de trevas. Aquele a quem o Todo Poderoso disse: Este é meu Filho, Hoje Te gerei e a quem prometeu por todos os Seus inimigos debaixo dos Seus pés, Aquele a quem todo joelho se dobra ao simples pronunciar do Seu Nome, Aquele que serve de farol para humanidade, pois trouxe Luz para o mundo, onde antes só havia trevas, o Filho de Deus, o próprio Deus encarnado na terra, para que os homens não falassem mais o que Tome falou: Mostra-nos o Pai, ao qual Ele respondeu: Estás a tanto tempo Comigo e ainda pedes para ver o Pai, Aquele que a Sua simples chegada faz todo e qualquer enviado de Satanás correr e desaparecer como aconteceu com os escorpiões que o Senhor me mostrou.

Depois de tudo isso vocês ainda tem dúvidas de que momento estamos vivendo?

Sim nós estamos vivendo os últimos dias, dias em que os verdadeiros adoradores do Altíssimo, os verdadeiros servos de Deus, se levantarão com força e poder para combater todas as hostes que o maligno mandar para conturbar a vida dos Eleitos de Deus.

Quero dizer para vocês que o Senhor me mostrou algo sobre isso no dia 07/07/2013, depois me mandou escrever sobre algo que ainda viria a acontecer.

Comecei a escrever o primeiro post no dia 13/07/2013, e até hoje já escrevi 16 posts e gravei os vídeos que tem em média 5 minutos de duração.

A diferença é que quando fui escrever a primeira linha Ele me perguntou:

Você quer escrever com o seu entendimento ou quer que Eu Escreva?

A minha resposta foi clara e a partir dai Ele sussurrou aos meus ouvidos espirituais tudo que escrevi e sei que será assim ainda do que vou escrever sobre o que Ele me mostrou, que ficará aguardando o momento indicado para ser publicado.

O que posso adiantar é que o Senhor Deus, o Eterno, trará luz para tudo que ainda poderia confundir os homens em relação as coisas que foram escritas pelos seus Profetas e Seus Eleitos.

Que a Graça e Paz do Senhor Jesus sejam derramadas sobre a vida de todos os homens da terra, afim de que seus olhos se abram e eles possam perceber o momento único que estamos vivendo, o da Vinda do Senhor!

Deseja Adquirir o Livro ou Ebook Desta Série?

Você pode encontrar na Amazon ou no Clube de Autores

Ebook Livro Impresso
No Clube de Autores capa-epub
Navegar na Série<< A humanidade está alheia ao que está acontecendo… Parte IIIA humanidade está alheia ao que está acontecendo… Parte I – Vídeo >>

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

2 respostas para A humanidade está alheia ao que está acontecendo… Parte Final

  1. Vladimir diz:

    Glórias a Deus Jeová, pela visão, e o discernimento dela, pois é uma alegria ver que não estamos sozinhos, que Ele luta por todos os seus filhos.
    Quando me converti e reconheci a autoridade de Jesus e apliquei na minha vida seus ensinamentos em 2011, foi lutas em cima de lutas, não entendia muito bem o porque de tantas lutas a ponto de entregar os pontos. Ele me ensinou a ter paz no meio da tempestade, e todas as provações me ensinaram a amadurecer e a entender os planos de Deus, me auxiliou no acompanhamento de algumas vidas orientando-as de forma correta e mostrando pela palavra que existe saida e suporte. Até dentro da congregação meu irmão encontramos irmãos que aderem aos “evangelho humanista” que as vezes nos entristece pelas palavras e até tentam nos desanimar, mas graças a Deus encontramos irmãos que vivem de fato a palavra e nos anima a continuar pois Cristo é nossa esperança. Lutas virão, mas Jesus venceu o mundo e coloca que venceriamos tambem. O tempo esta no fim, temos que nos preparar e nos levantar, colocando a verdade de Deus nas vidas das pessoas atraves do evangelho do reino, somos afligidos perseguidos, mas temos o refrigerio do Senhor. Você não esta sozinho, embora poucos entendem o que é viver o que Jesus viveu e ensina, somos mais que vencedores. Graça e paz de Cristo meu irmao. Somos um, Somos a igreja, somos sacerdotes exclusivos de Deus.

    🙂

    • Verdade meu irmão, no princípio não compreendemos tantas pedras no meio do caminho, mas com o tempo passamos a compreender que as pedras aparecem justamente por não sermos mais deste mundo e o objetivo delas é nos distrair e atrasar nossa carreira, porém se mantivermos o foco e confiarmos nosso vida verdadeiramente ao Senhor Jesus nossa caminhada vai se tornar muito mais leve e cheia da Paz do Senhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *